Cada um sabe a dor e a delícia de ser o que é

É muito comum escutarmos a frase: por que comigo? A verdade é que todo mundo já passou, pelo menos uma vez, por uma situação dessas em que nos perguntamos: por que comigo?

Todas as pessoas com quem convivo já passaram por uma perda difícil, por uma fase de vida mais paralisada, dessas que nada acontece, já tiveram fases de dúvidas sobre qual caminho escolher, já pensaram em mudar radicalmente 1000 vezes e resolveram não mudar nada ainda, 1000 vezes.

Não sabemos quantas batalhas uma pessoa trava diariamente. Se os pensamentos que ocupam suas noites de sono são preocupações que ocupam os lugares dos seus sonhos. Não sabemos quantos sonhos precisaram ser adiados em virtude das necessidades diárias. Quantas renúncias foram feitas para viver suas conquistas.

Portanto, vamos ter mais paciência. Vamos respeitar as escolhas do outro. Vamos ser mais generosos. Vamos julgar menos e respeitar mais. Vamos reconhecer o mérito do outro.

Vamos fazer nossa parte em relação a nós mesmos. Não para consertar o que é defeito, que é parte da gente, porque graças a Deus, ninguém é perfeito. Vamos trabalhar para que os defeitos não se sobressaiam às qualidades, vamos cuidar do nosso lado mais bonito, para que ele continue sempre lindo, não importando a passagem do tempo. Vamos plantar sementes de qualidade, para termos uma boa colheita. Porque a hora da colheita sempre chega e o que vamos colher depende totalmente do que plantamos e se plantamos!

As pessoas olham as pingas que a gente toma, mas não olham os tombos que a gente leva.

Decidi há tempos me colocar desafios e vou seguir determinada na busca deles, simplesmente para ser feliz comigo e com os outros. Esses desafios não são nada simples, mas esse é meu plano que busco realizar diariamente. Vou tentar estar mais presente na vida das pessoas que amo. Vou celebrar as conquistas do outro e dar méritos a elas. Vou me comparar menos. Vou parar de ter pena, seja do outro, ou de mim mesma. Vou me libertar da culpa, fazendo sempre tudo o que posso. Vou fazer sempre o melhor possível. Vou sempre fazer a minha parte! Vou falar quando acho que tenho que falar, mesmo que isso me prejudique de alguma forma. Vou pensar mais antes de falar. Vou compartilhar segredos somente com os melhores amigos. Vou fazer planos de conquistar o mundo com as pessoas que eu amo. Vou lutar pelo que eu acredito. Vou estabelecer e renovar metas pessoais. Não vou desistir nunca. Dessa forma acredito que vou sentir mais orgulho de quem eu sou, com tudo que tenho de certo e com tudo que tenho de errado. Vou viver uma vida de verdade, fugir do que é falso ou idealizado. Vou continuar planejando e sonhando, mas quero fazer e realizar mais. Vou fazer minha parte por um mundo melhor. Vou me esforçar para levar coisas bonitas para a vida das pessoas. Vou tentar sempre trazer novas perspectivas. Vou me arrumar todos dias, com cuidado, com carinho, usando o que tenho de melhor. Afinal, todos os dias tenho um encontro com a pessoa mais importante da minha vida: COMIGO. Vou encarar os problemas de frente, seguir conselhos das pessoas inspiradoras, ignorar de coração críticas sem sentido, vou procurar crescer com as críticas construtivas. Vou aprender a esperar. Vou tentar aproveitar o caminho, enquanto busco meus objetivos.

A felicidade ficou mais acessível para mim, quando entendi que preciso estar feliz comigo e que ela esta nas coisas simples do meu dia à dia. Ela está nos pequenos prazeres da minha rotina.

Acredito que para sermos felizes precisamos ser fiéis aos nossos sonhos, às nossas crenças, aos nossos valores, precisamos atender nossos desejos mais secretos, sermos felizes com nós mesmos, nos sentirmos realizados e felizes com as nossas escolhas. Para sermos verdadeiramente felizes precisamos do outro. Porque a felicidade é mais feliz quando compartilhada com aqueles que torcem por nós.

Nos amar, nos compreender, nos perdoar, cuidar da nossa saúde e do nosso bem estar, são essenciais para estarmos felizes com a gente mesmo.

Cada um sabe a dor e delícia de ser o que é. Por isso, quando você se pegar perguntando a você mesmo coisas como: por que comigo? Ou Por que ele e não eu? Esteja certo que lá fundo, você sabe a resposta!
Coração

image
image
image
image

7 thoughts on “Cada um sabe a dor e a delícia de ser o que é

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *