Helena estava animada para falar sobre seus planos com Rodrigo. Ela saiu do trabalho e resolveu passar no supermercado para comprar alguns ingredientes e fazer um jantar surpresa para o Rodrigo. Quando chegou no prédio, foi direto para a casa dele, e uma empolgação enorme tomava conta de todo o corpo dela, no momento em que ela batia na porta.

“A última vez que quis fazer uma surpresa, eu que fui surpreendida. E não foi nada bom. Aparentemente.” Ela pensava e ria de seus pensamentos enquanto esperava que ele abrisse a porta.

– Que surpresa deliciosa! Ele disse abrindo a porta.

– Hoje vou fazer o jantar para você e te fazer uma proposta.

– Estou gostando ainda mais da surpresa agora.

– Estou animada Miguel!

– Você parece animada. Ele disse totalmente encantado enquanto olhava para ela.

Helena começou a organizar os ingredientes na bancada e Miguel achava graça da atitude determinada dela.

– Posso te ajudar de alguma maneira? Ele perguntou a achando mais linda do que nunca.

– Hum! Sim! Você pode abrir essa garrada de vinho por favor?

– Você comprou vinho. Esse vinho é um dos melhores que existem. Adoro essa versão de malbec argentino. Ele dizia enquanto tirava a rolha da garrafa.

– Eu adoro esse vinho. Sempre que vamos a um restaurante argentino maravilhoso que fica aqui perto, meu pai pede esse vinho.

– Pelo vinho começamos muito bem. E o que teremos para o jantar?

– Vou fazer um risoto de brie com trufas.

– Que delícia. Adoro trufas.

– Eu sei. Ela respondeu com convicção, enquanto cortava cebolas com habilidade, feliz por já saber muitas coisas sobre ele.

– Você parece uma chef de cozinha. Ele disse servindo a taça de vinho dela.

– Eu adoro cozinhar Miguel. Mas só faço isso em ocasiões muito especiais.

– Eu adoro quando descubro coisas novas sobre você. Ele disse com o olhar ainda mais encantado.

– A gente se conhece bem, para um casal que se conhece há pouco tempo. Ela disse.

– Tem sido uma delícia te conhecer minha amora.

– Para mim também, meu amor.

– Agora me diga o que tem para me propor.

– Eu falei com as meninas hoje. A Lara saiu do projeto que estava e vai para Barcelona ajudar a Raissa a reconstruir o prédio. E pensei em irmos também. O que acha de passarmos um mês lá. Pensei que poderia ser o momento ideal, já que você está de férias.

– Então você vai desistir do curso de perfumista em Paris esse ano?

– Sim! Tudo pela minha amiga. Ela está precisando. E eu ainda vou levar um arquiteto. Vamos?

– Vamos! Vai ser um prazer ajudar. E eu estou tendo uma ideia aqui. Ele disse animado.

– Qual? Ela perguntou curiosa.

– Aliás… algumas ideias.

– Estou ficando MUITO curiosa.

– Eu ia te contar hoje à noite sobre uma conversa bem legal que tive com um diretor de um canal de TV e acho que você acabou de me ajudar a formatar uma proposta para ele.

– Como assim? Helena perguntou gritando. – TV?

– Eu fiz a reforma da casa na praia desse diretor e acabamos ficando amigos. Eles estão montando a grade do ano que vem da emissora, renovando alguns formatos, trazendo novos programas e ele me chamou para uma conversa hoje. Fui almoçar com ele e ele me disse que estão procurando um arquiteto para apresentar um programa de tv com foco em reformas e transformações de espaços. Esse projeto da Raissa pode ser a primeira temporada. Eu fiquei de pensar e apresentar uma proposta. Eu não tinha ideia por onde começar, até você me fazer esse convite.

– Miguel! Que ideia incrível.

– Se eles gostarem da ideia posso ter um orçamento para a obra. O que seria muito bom para a Raissa.

– Miguel, você só pode ser um anjo. Ela disse correndo para abraça-lo.

– Esse projeto caiu do céu. Você está sendo um anjo Amora! Ele respondeu, dando um beijo nela.

– A Raissa não vai acreditar.

– Vou ligar para ele amanhã e vou conversar sobre a ideia. Se eles toparem eu terei meu projeto na televisão e você conversa com a Raissa para ver se ela aceita.

– Combinado! Vou torcer para dar tudo certo. Tenho certeza que ela vai topar e amar. Agora, vamos jantar? Está pronto. Ela disse orgulhosa.

– Estou ansioso por esse jantar.

– E eu pela nossa viagem para Barcelona.

– Hum! Esse risoto está delicioso. Você tem talento Amora. Ele disse depois da primeira garfada.

– Que bom que gostou. Eu estava ansiosa. Com medo de não ficar bom. Principalmente depois de tanta coisa boa que você cozinhou para mim.

– Helena, parece que te conheço há muito tempo. Ele disse de maneira apaixonada, desejando passar o resto da vida com ela.

– Acho que é de outras vidas. Tenho a mesma sensação Miguel.

– E ainda temos a vida inteira pela frente. Você apareceu no momento mais certo possível Helena. Me trouxe paz, sorte. Desde que chegou tudo se ajeitou. Deixei histórias doloridas para trás e comecei de novo. Você representa minhas novas possibilidades. Eu te amo Helena.

Ela respirou fundo. “Ele acabou de dizer que me ama. Eu também amo ele.”

– Ah Miguel! Eu também amo você. Ela disse, se levantando para dar um beijo nele. – Você também representa minhas novas possibilidades.

– Um brinde às nossas novas possibilidades. Ele propôs.

– Às nossas novas possibilidades.

Depois do brinde Miguel levantou carregando Helena no colo e a levou para a cama. Ela nunca sentiu por ninguém o que sentia por ele. E em poucos minutos estavam enroscados um no outro.

Miguel já dormia totalmente enroscado em Helena, mas ela não conseguia dormir pensando em tudo que estava por vir e todas essas novas expectativas levavam seu sono. No meio dos planos relacionados à Barcelona, ela se lembrou da declaração de amor de Miguel e seu coração se aqueceu com a certeza de que ela tinha encontrado o amor da vida dela.

Ela mal conseguia se mexer e estava com receio de acordas Miguel. Então ela dicidiu se levantar para organizar seus pensamentos em outro lugar e foi para a cozinha buscar um copo d’água.

Depois de algumas voltas pela casa impecavelmente mobiliada, alguns copos de água e turbilhões de pensamentos, Helena finalmente conseguiu dormir.

Os primeiros raios de sol invadiram o quarto e acordaram Helena. Miguel ainda dormia, quando ela foi tomar banho. Seu dia ia começar cedo, com alguma reuniões importantes e no almoço ela ia encontrar Lara para conversar sobre o que tinha acontecido com ela, com Rodrigo e com a carreira dela.

Ela deu um beijo em Miguel e foi embora desejando sorte em seu almoço para a apresentação do projeto que envolvia a reforma do prédio de Raissa em Barcelona.

Ela passou em casa para trocar de roupa e correu para o trabalho.

A agenda de Helena estava repleta de reuniões e ela mal conseguiu beber água entre uma reunião e outra. Ela terminava uma reunião quando Lara ligou.

– Oi Lara! Ela atendeu.

– Cheguei. Estou aqui embaixo.

– Estou acabando uma reunião e desço em 5 minutos.

– Ok! Estou aqui.

Helena terminou sua reunião e desceu apressada encontrar Lara.

– Amiga! Me perdoa. Me atrasei. Que saudade! Helena disse abraçando a amiga.

– Que saudade! Ainda bem que conseguimos nos encontrar.

– Vem! Vamos comer aqui do lado mesmo. Quero usar 100% do nosso tempo para entender o que aconteceu e tentar te ajudar.

– Ah Lelê. Acho bom você estar sentada.

– Jura, amiga?

– Juro.

Elas chegaram no restaurante lotado, mas conseguiram uma mesa.

– Me conta! O que houve? Perguntou Helena, assim que se sentaram.

– Estou perdidamente apaixonada e arruinei minha carreira. Lara respondeu sem tomar ar entre as palavras.

– Que objetiva amiga. Preciso aprender mais sobre pragmatismo com você. Mas por favor, pode explicar com um pouco mais de detalhes como arruinou a sua carreira e como se apaixonou.

– Ficamos juntos logo no primeiro dia. Foi como em um romance, desses de filme. Porém, uma mulher argentina, em um cargo importante de marketing na empresa, apareceu se jogando em cima do Rodrigo.

– Não acredito que arruinou sua carreira por ciúme. Disse Helena interrompendo a amiga.

– Claro que não. Quer dizer, mais ou menos. Foi o ciúme dela que arruinou com tudo. Amiga, tive momentos românticos. Estou realmente apaixonada. E essa mulher nos flagrou no meio de um beijo, depois de dias em que ela foi rejeitada por ele. Ela nos delatou para a ouvidoria e instantaneamente virou um caso de compliance, que no dia seguinte era conhecido pelo meu chefe e pelo chefe dele. Quando chegamos no Brasil, meu chefe disse que me mudaria de projeto. Eu não sabia como iria olhar para os meus pares depois de tudo o que aconteceu. Eu me envolvi com um cliente e isso é bem sério no meu universo profissional. Meu cliente. Minha principal interface do projeto. Nesse caso pouco importa o fato de termos nos beijado na praia, muito antes do projeto. Entende? Minha competência seria questionada e eu não mereço isso. As minhas conquistas seriam questionadas e eu não mereço isso depois de renunciar tanto da minha vida pessoal para conquistar o que consegui nesses dez anos.

– Não mesmo amiga. Você não merece isso. Mas não acredito que te rotulariam por isso.

– Helena, sou mulher. Infelizmente ainda existe preconceito de gênero nesse mundo. Minha carreira está arruinada, depois de tanto que me dediquei. Minhas conquistas nada tem a ver com casos românticos, mas as pessoas vão achar que foi isso que projetou a minha carreira.

– Ah Lara, você tem razão. Infelizmente. Mas o que vai fazer agora? O Rodrigo te procurou? O que ele acha de tudo isso?

– Ele me disse que estava apaixonado por mim e pediu autorização para assumir nosso relacionamento. Ele me ligou trinta vezes ontem. Mas eu não quero saber amiga. Vou para Barcelona esquecer o Rodrigo e tentar recomeçar daqui alguns meses.

– Lara, você tem certeza? Ele merece uma chance. Você já perdeu o emprego, não perca o amor.

– Eu não conseguiria ficar com ele depois de tudo o que aconteceu.

– Lara, não faça isso. Ouça o que ele tem a dizer. Um amor é valioso amiga.

– Me fala de você e do Miguel.

– Lara! Estamos falando de você e do Rodrigo. Ele não tem culpa do que aconteceu.

– Você tem razão. Vou conversar com ele. Mas não estou pronta para qualquer relação agora.

– Mas converse com ele. Promete?

– Prometo. Farei isso antes de viajar. Mas preciso confessar que estou animada com essa fuga para Barcelona.

E nesse momento o celular de Lara começou a tocar e era Rodrigo ligando.

-É ele! Lara disse sem saber o que fazer.

– Lara atende! Você prometeu que falaria com ele.

– Ok! Ela disse meio contrariada atendendo o telefone. – Oi.

– Ainda bem que atendeu o telefone. Quero saber como você está. Ele disse.

– Estou bem Rodrigo. Na verdade estou no meio de uma conversa importante. Podemos falar mais tarde?

– Para de fugir de mim Lara.

– Não estou fungindo. Estou realmente no meio de uma conversa importante.

– Entendo. Podemos nos ver hoje à noite e conversar sobre o que está acontecendo?

– Sim! Podemos.

– Te pego na sua casa às oito. Me passa o seu endereço. Ele disse determinado.

– Combinado. Até mais tarde. Preciso desligar Rodrigo.

– Você esta mesmo bem Lara? Estou com saudades.

– Estou bem Rodrigo. Falamos mais tarde.

– Combinado. Te pego às oito.

– Até mais tarde. Lara disse, decidida, desligando o telefone.

Ela desligou o telefone e respirou fundo, antes de voltar para a sua conversa com Helena.

– O que ele disse? Helena perguntou curiosa.

– Ele foi maravilhoso. Como sempre, na verdade.

– Ai amiga. Você está apaixonada.

– Estou. E não deveria.

– Quando a gente gosta, a gente gosta. Para de pensar e questionar tanto minha amiga. Se permita. Não racionalize tanto as coisas.

– Helena, eu perdi meu emprego.

– Você renunciou ao seu emprego.

– Verdade. Mas isso tudo é muito estranho para mim. E eu vou sair com ele hoje. E isso é tudo que eu estou pensando agora. Nisso e na roupa que vou usar hoje.

– Ah Lara, que maravilhosa! Aproveite esse momento.

– Eu vou tentar. Mas isso é realmente muito novo para mim.

– Se permita minha amiga.

– Vou tentar. Agora me fala de você e do Miguel.

– Lara, ele disse que me ama. Só consigo pensar nisso. E ele está agora em uma conversa com um diretor de TV apresentando um projeto para restaurar um prédio de Barcelona e tornar esse conteúdo a primeira temporada de um programa de restauração e reformas da nova programação do canal de televisão.

– Não acredito nisso. O prédio da Raissa pode virar um programa de televisão? E o Miguel um apresentador de TV?

– Sim! E o Miguel está me ligando agora!

– Atende Helena.

Helena atendeu o telefone em expectativa.

– Oi amor!

– Eles aceitaram! O prédio da Raissa em Barcelona será nossa primeira temporada! Ele disse. – E eu tenho um programa de televisão.

– Parabéns meu amor. Que notícia maravilhosa.

– Vamos para Barcelona! E eu te amo Amora. Muito.

– Eu também te amo. Ela respondeu, do fundo do coração dela.

 

CONTINUA…

O CAPÍTULO 25 SERÁ PUBLICADO NA PRÓXIMA SEXTA-FEIRA

Capítulo 24 – Eu te amo

Sabrina Almeida


Sou mãe, filha, esposa, mulher, amiga, confidente, conselheira. Sonhadora, determinada e realizadora. Organizada, mas com um que de caótica. Apaixonada pela vida e pelas pessoas. Intensa! Publicitaria, trabalho desenvolvendo produtos e marcas para deixar as pessoas mais bonitas e felizes. Escrevo porque amo escrever. Minha cabeça está sempre repleta de sonhos e devaneios. Sigo sempre meu coração. Hoje penso mais antes de tomar uma decisão. Encontrei a FELICIDADE, assim todinha maiuscula, nas coisas simples da vida. E escrever é uma delas. Enquanto as pessoas vão para a academia, fazem trilhas, tocam instrumentos musicais, cozinham… Eu escrevo! Esse é o meu hobbie… Escrevo para traduzir o que está no meu coração, sem regras, métodos ou filtros. Escrevo porque me inspira e me faz feliz. Acredito que é simples ser feliz e que para isso é preciso uma boa dose de coragem, de sorte e de sonhos e devaneios. Quando eu decidi escrever, uma pessoa me perguntou: “quem te garante que as pessoas vão se interessar pelo que você escreve?” E a minha resposta é como vou concluir minha apresentação. Vou escrever para tentar ajudar as pessoas a ver diferentes perspectivas, rir no meio de um dia difícil ou enxergar poesia no dia a dia. E se eu conseguir tocar o coração de pelo menos uma única pessoa, já terá valido à pena.


Post navigation


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *