Capítulo 9 – Pedindo Ajuda aos Astros

“Meu Deus! Se eu chamar ele para jantar vou parecer uma tremenda interesseira. Transando com ele para garantir meu emprego.” Pensava Vitória vendo mais uma de suas boias salva-vidas se afastando.

Em meio à sua surpresa, chega um mensagem de Tatiana com uma foto em seu celular.

“Amiga, você viu isso?”

E na foto anexa o print da tela do computador com uma manchete que estampava as principais revistas de fofoca naquela manhã, noticiando a oficialização do namoro entre Isabel e Eric.

Vitoria já sabia desse namoro, tinha sido informada pelo próprio Eric dias antes. E respondeu:

“Não tinha visto a manchete, mas devo ter sido a primeira a saber. Lembra que encontrei eles em uma festa do fashion week e ele me contou pessoalmente, no momento que me apresentou para ela?”

Tatiana enviou:

“:( que cachorro esse Eric. E como você está?”

“Estou me encontrando de volta com a realidade.”

“E por falar em realidade, preciso voltar para esse dura realidade aqui. É o momento de conhecer meu novo chefe.” Pensava Vitoria assim que enviou a mensagem à amiga.

Vitória voltou a se concentrar na reunião e tentava se esconder de Thomas a todo custo. Como se fizesse algum sentido. Porque por mais que não se vissem naquela reunião, se veriam em alguns instantes ou dias. Era uma questão de tempo para ele a descobrir.

Ele estava bonito. E o fato de ser a pessoa mais poderosa daquela sala, deixava ele ainda mais radiante. As mulheres da sala se ajeitavam na cadeira e cochichavam entre si falando do quanto ele era charmoso. Para Vitória, ele seguia sendo seu melhor amigo da escola, que nunca tinha despertado nada nela, além de muito carinho. Os beijos que trocaram mostraram a ela algum potencial para mudar isso, mas ela não teve coragem para seguir adiante. E agora depois de definir que daria uma chance a quem gostava dela, descobria que poderia parecer a pessoa mais interesseira do planeta.

Thomas fez um discurso comedido, sem muitas revelações ou promessas. Foi tudo muito rápido e ele em poucos minutos tinha terminado e dispensava as pessoas que estavam na sala.

Ele não tinha visto Vitória, até que ela se levantou para sair da sala. E no momento em que colocou os olhos nela, seu rosto se iluminou. Ele realmente gostava dela, como nunca tinha gostado de ninguém. Ela ficou muito constrangida e percebeu a alegria espontânea no rosto dele. Resolveu ir até ele.

– Olá Thomas. Então esse era o seu projeto?

– Olá Vitória. Sim. Esse era o meu projeto. E deu certo. Estou muito feliz. E você como está? Não tinha ideia que você trabalhava aqui.

– Estou bem. Seja bem-vindo. Disse ela muito constrangida por estar falando com ele na frente de todo mundo e tentando ser o mais profissional possível.

– Vocês já se conhecem? Perguntou Omar interrompendo o diálogo dos dois.

– Sim! Fomos amigos na época da escola. Respondeu Thomas.

– Que coincidência! Disse Veronica empolgada.

– Pois é. Respondeu Vitória de maneira tímida. – Me deem licença. Preciso ir. Se despediu ela enquanto já virava para ir embora da sala.

“Hey Universo: O que foi isso? O que é isso universo? Por queeeeeeeee? Por que está fazendo isso comigo?” Pensava ela jogando suas dúvidas e frustrações para o universo.

Já sentada em sua mesa percebeu todos em volta falando sobre o assunto. Preocupados com seus empregos e com as grandes mudanças que estavam por vir e também comentando sobre o charme do novo chefe que era ainda tão jovem.

Vitória não sabia o que fazer. Queria sair correndo dali. Apoiava o rosto sobre as mãos e não conseguia raciocinar.

O dia passou rápido e ninguém conseguiu trabalhar. Só especulações e elucubrações sobre o futuro tiveram espaço nos diálogos das pessoas. Muito menos Vitória. Ela não viu mais Thomas e resolveu procurar sua melhor amiga para falar sobre o que estava acontecendo na vida dela. A caminho do elevador para ir embora ligou para a amiga.

– Oi Vick! Atendeu feliz Tatiana.

– Oi Tati, tudo bem? Preciso muito conversar. Podemos nos encontrar?

– Claro! Quer passar aqui em casa? Tive uma reunião fora do escritório hoje a tarde e já estou por aqui.

– Quero! Estou indo para aí.

– Venha! Vou colocar uma garrafa de vinho na geladeira.

– Vinho vai bem. Até já.

– Até.

Vitória tentava organizar seus pensamentos e pela primeira vez em muitos meses, sua coração estava batendo mais rápido com muita frequência e não tinha a menor ideia sobre o que fazer.

– Oi Vick! Que bom te ver aqui em plena segunda-feira. Dizia Tatiana abrindo a porta para a amiga entrar.

– Que bom que você está em casa tão cedo.

– Agora me conta o que aconteceu? O que mudou desde sábado de madrugada? Perguntava Tatiana enquanto abria uma garrafa de vinho.

– O Thomas, aquele para quem eu iria dar uma chance. Que eu ia convidar para jantar hoje. É o meu novo chefe. Ele foi responsável pela fusão que pode arruinar minha carreira. Ele é alguém para quem eu não posso ligar para convidar para sair para jantar sem parecer uma tremenda interesseira.

– Que??? A agência foi vendida?

– Foi.

– Mas você não tem porque se preocupar. Fez um trabalho incrível. Não tem como te mandarem embora. E sobre o Thomas, acho que você tem razão. Vai ficar bem esquisito agora.

– Por que minha vida está desse jeito? O que eu fiz para merecer isso. Só pode ter uma explicação cósmica.

– Por que você não vai perguntar para uma astróloga?

– Que?

– Acho que você deveria fazer uma consulta com uma astróloga. Tem uma profissional super renomada que é responsável pelas previsões astrológicas dos horóscopos das revistas da editora. Eu já me consultei com ela. A consulta é uma delicia e ela é uma pessoa maravilhosa. Acho que você deveria ir falar com ela.

– Você já se consultou com uma astróloga? E nunca me contou.

– Faço sempre. Esqueci de contar.

– Como ela se chama? Acho que pode ser uma ideia. Talvez os astros possam explicar o que está acontecendo com a minha vida e quando tudo vai melhorar.

– Essa é exatamente a ideia. Ela se chama Vicky D’Orey. Vick, como você! Estou compartilhando o contato dela com você.

– Vou ligar para ela agora.

Vitória estava realmente empolgada com a consulta astrológica e tinha um brilho no olhar enquanto esperava que a astróloga atendesse o telefone. Quando Vitória estava quase desligando o telefone, depois de tocar muitas vezes, ela finalmente atendeu, a fazendo sorrir.

– Alô.

– Olá é a Vicky D’Orey?

– Sim. Quem é?

– Sou a Vitória. E gostaria de agendar uma consulta com você.

– De onde você é meu bem?

– De São Paulo.

– Para atendimento em São Paulo tenho disponibilidade de agenda daqui a 3 semanas.

– Quanto tempo. Não consegue me atender antes?

– Minha agenda está bastante complicada. Para quando você gostaria.

– Amanhã? Disse Vitória com a voz mais baixa porque sabia que pedia algo quase impossível.

– Amanhã meu bem? Eu não estarei em São Paulo amanhã e já tenho a agenda bem comprometida. Percebo sua pressa. Vamos fazer assim. Vou tentar encaixar uma ida extra para São Paulo e te aviso se conseguir. Aí nos encontramos. Eu te ligo se conseguir.

– Seria realmente perfeito! Vou ficar esperando sua ligação. Mas já quero agendar minha consulta em 3 semanas. Não quero perder esse espaço na sua agenda.

– Muito bem. Podemos marcar em 3 semanas. Sábado, dia 10 de abril, às 10 horas da manhã. Funcionaria para você.

– Sim! Mas por favor, tente me encontrar antes.

– Pode deixar Vitória. Conseguindo te ligo. Por favor já me envie seus dados. Nome completo, data e horário de nascimento, cidade que nasceu. Se for casada os nomes de casada e solteira. Ok?

– Pode deixar que te enviarei. Quanto custa a consulta?

– R$ 350.

– Ah ok. Levo o dinheiro no dia?

– Isso! Te ligo se conseguir antes. Até breve.

– Até breve. Se despediu Vitória sentindo que começava a fazer algo pela sua vida.

– E aí? Perguntou Tatiana em expectativa assim que Vitória desligou o telefone.

– Ela só pode em três semanas, mas vai tentar uma vinda extra a São Paulo para fazermos antes.

– Meu Deus amiga. Fez a Astróloga tentar uma vinda extra a São Paulo. Isso que é pressa hein.

– Acredita que isso já deu paz para o meu coração. Sinto que começo a fazer algo pela minha vida.

– Muito bem amiga. Agora vamos beber esse vinho.

– Vamos!

– Tim tim. A novos ciclos. Propôs Tatiana.

– A novos ciclos. Concordou Vitória.

As duas seguiram conversando e Tatiana propôs abrir a segunda garrafa de vinho.

– Está louca Tati? Hoje é segunda-feira e nós trabalhamos amanhã. Eu ainda preciso dirigir meu carro até minha casa. Aliás eu preciso ir embora. Já são 22h30. Está tarde. Precisamos ir dormir.

– Dorme aqui! Aí podemos beber mais uma tacinha. Vamos. Dorme. Faz tempo que você não dorme aqui.

– Não tenho roupa.

– Te empresto. Vamos! Fique. Vamos conversar até de madrugada.

– Por falar em conversar até de madrugada… o Thomas não me ligou. Como disse que faria.

– Esquece isso. Pelo menos por enquanto. Você está se preocupando demais. Quando relaxar as coisas vão acontecer. Você vai ver.

– Você tem razão! Vou dormir aqui. Pode abrir a outra garrafa de vinho.

– Essa é minha amiga!

E nesse instante as 2 receberam, ao mesmo tempo, uma mensagem de José.

“Hey meninas lindas da minha vida, preciso dar em primeira mão a noticia mais feliz da minha vida. Vou gravar meu primeiro disco. Acabei de sair da gravadora e assinei o contrato.”

– Você viu? O José vai gravar um disco! Gritou Vitória.

– Vamos ligar ele! Empolgou-se Tatiana.

Elas ligaram para José e colocaram no viva-voz.

– Alô. Atendeu ele.

– Parabéns! Gritaram as 2 em coro.

– Oi meninas! Estão juntas e não me chamaram?

– Foi de última hora e você nem poderia vir. Estava na gravadora assinando um contrato! Meu Deus! Que legal José. Gritou super empolgada Vitória.

– Conta tudo. Próximos passos. Tudo! Atropelou Tatiana.

– Vou gravar um disco meninas. Participar de programas de televisão e rádio para divulgar meu trabalho. Respondeu José empolgado.

– Isso acontece quando? Perguntou Tatiana.

– A gravação já será na semana que vem.

– Então você vai parar de tocar no NOW? E vai viajar muito nos próximos meses. Né? Perguntou Vitória.

– Sim! Essa sexta teremos nossa despedida no NOW. Claro que vocês estarão lá né?

– Claro que estaremos lá. Disse Tatiana empolgada.

– Espero que você não suma quando ficar famoso. Disse Vitoria realmente preocupada.

– Está louca? Vocês são as pessoas mais importantes da minha vida.

Elas se derreteram com a resposta dele.

– Melhor assim! Parabéns meu amigo. Nos vemos na sexta para comemorar. Disse Tatiana.

– Isso. Comemoramos na sexta. Estou muito orgulhosa de você. Disse Vitoria emocionada.

– Obrigada meninas. Agora preciso ir. Boa noite para vocês.

– Boa noite! Elas gritaram em coro.

Uma ficou olhando para a outra em silêncio por alguns minutos.

– Meu Deus. O José vai ficar famoso. Disse Tatiana quebrando o silêncio.

– Ele terá fãs. Imagina só… surtei vendo ele com a Isabela. Imagina com fãs. Vou enlouquecer.

– Se eu queria enlouquecer, esse é o romance ideal… Cantarolou Tatiana. Deixa para se preocupar com isso quando acontecer. Se acontecer. O importante é que nosso melhor amigo está realizando um grande sonho.

– Isso! Tem razão. Agora vamos dormir. Já é quase meia noite.

– Vamos. Respondeu Tatiana recolhendo as taças e pratos para levar a cozinha.

Assim que Tatiana sumiu dentro da cozinha, Vitória recebeu uma mensagem de Thomas em seu celular e ela ficou ansiosa pelo conteúdo.

“Desculpe o horário. Estou te escrevendo conforme prometido. Me surpreendi muito por te ver hoje. O que você queria no sábado? Acabamos não conseguindo falar.”

Vitória ficou eufórica com a mensagem e gritou para Tatiana.

– É ele!

– Ele quem sua maluca? Respondeu ela da cozinha.

– Acabei de receber uma mensagem do Thomas.

– E o que ele disse? Veio perguntando Tatiana enquanto corria de volta para a sala.

– Nada demais na verdade. Perguntou o que eu queria no sábado quando liguei e ele não atendeu.

– Então responda. Diz que queria convidar ele para jantar.

– Melhor não. Quero pensar sobre a melhor forma de agir para não parecer interesseira.

– Seja honesta! Essa é a melhor forma. Fale a verdade. Simples assim. Ponderou Tatiana.

– Você tem razão. Serei honesta. Respondeu Vitória, já digitando a mensagem para ele.

“Queria te chamar para jantar. Era esse o motivo da minha ligação. Mas acho que depois das revelações de hoje, tudo fica mais complicado.”

Vitória leu a mensagem em voz alta e enviou.

As duas ficaram em silêncio, tensas esperando pela resposta dele.

Até que a resposta chegou.

“Que pena que não deu certo no sábado. Não faço ideia de como ficam as coisas depois de hoje. A única coisa que sei é que meus sentimentos não mudaram.”

Vitória leu em voz alta e gritou a última frase.

– Meu Deus! Ele gosta mesmo de você!

– E quero dizer que estou começando a gostar dele.

– Que bom minha amiga. Então responde isso para ele.

Vitoria escreveu o que vinha do coração e enviou sem ponderar ou pensar muito.

“Hum. Bom saber disso. Porque os meus sentimentos estão mudando.”

“Fico feliz em saber. Conversamos amanhã. Boa noite. Beijos”

“Até amanhã. Boa noite. Beijos”

Respondeu Vitória suspirando.

– Viu Vick! As vezes a gente só precisa relaxar e esperar que as coisas aconteçam.

– Você acha que ele ainda pode me achar uma interesseira?

– Amiga. Acho que ele gosta de você. E você não é uma interesseira. Precisa mostrar isso para ele.

– Você tem razão. Agora pelo amor de Deus, vamos dormir? Preciso estar linda e sem olheiras amanhã e você vai precisar me emprestar uma roupa incrível.

– Vamos! Você poderá ir com a roupa que quiser.

E as duas foram para cama felizes naquela noite.

Vitoria pensava em Thomas e no que falaria para ele para que não parecesse uma interesseira, quando finalmente pegou no sono.

Vitória dormia como uma pedra e demorou para ouvir o despertador que já berrava há mais de 2 minutos. Acordou assustada. Foi tomar café da manhã e encontrou um bilhete de Tatiana.

“Precisei sair mais cedo. Chamado de última hora na redação da revista. Tem café na cafeteira e iogurte na geladeira. Você pode pegar o que quiser no meu guarda-roupas. Até as peças ainda com etiqueta. Tudo para você estar muito confiante hoje.

Quando sair, pode deixar a porta aberta, pois é dia da faxineira e ela tranca para mim. O nome dela é Guta, caso se encontrem.

Boa sorte minha amiga.

Beijos

Tatiana”

“Que sorte eu tenho de ter você na minha vida.” Pensou Vitória quando terminou de ler o bilhete.

Vitória não conseguiu comer nada além de um iogurte e uma xícara de café puro. Estava ansiosa como nunca tinha estado na vida. Correu tomar um banho e percorreu com atenção todo o armário de sua amiga que era a pessoa mais antenada em moda que ela conhecia. Estava se deliciando com tantas opções fabulosas que aquele closet lhe oferecia.

Escolheu uma calça justa preta para usar com suas botas de cano de curto e uma sobreposição de blusa e camisa. Prendeu o cabelo com um rabo de cavalo e escolheu batom vermelho para arrematar o look. Estava linda e aprovou completamente seu look no espelho.

Chegou cedo ao trabalho, antes do que costumava, porque a casa de Tatiana era mais próxima e ela pegou menos transito que o habitual. O escritório estava vazio ainda e ela percorreu todos os lugares com os olhos para ver se Thomas já havia chegado.

Mas não viu nem sinal dele.

Começou a ler seus emails e conferiu a agenda da semana. Morreu de preguiça ao se dar conta que teria 3 dias seguidos de shooting. “3 dias seguidos como babá de modelo.” Pensava ela totalmente desanimada, quando foi surpreendida por Thomas.

– Bom dia Vitória. Disse ele vestindo uma calça preta feita sob medida para o corpo dele e uma camisa branca também sob medida que traziam suas inicias bordadas. Cabelos molhados penteados para trás e barba por fazer.

Vitória nunca tinha achado tanta beleza nele como naquele dia. O que fez ela se perder em seus pensamentos deixando uma grande vazio no ar após o bom dia dele.

– Bom dia Thomas. Ela apressou-se em responder completando o vazio que deixara com seus devaneios.

– Almoça comigo hoje para a gente conversar um pouco sobre tudo que está acontecendo?

– Será um prazer. Respondeu Vitória mais mole do que gostaria.

– Então até mais tarde. Bom trabalho para você. Disse Thomas sorrindo mais do que queria.

– Até. Bom trabalho para você também.

Vitória ficou com sua agenda tediosa e o sentimento de coração se abrindo para o amor dividindo espaço na sua cabeça e no seu coração durante toda manhã. Teve dificuldades de se concentrar. Perto da hora do almoço seu telefone tocou.

– Alô.

– Vitória, tudo bem?

– Tudo. Desculpe quem está falando?

– Vicky D’Orey.

– Oi Vicky! Respondeu Vitória empolgada.

– Estou indo para São Paulo hoje. Meu irmão vai lançar um livro e vou passar uns dias com ele. Podemos nos encontrar hoje à noite.

– Que boa notícia. Claro. Onde você quer encontrar?

– Posso ir até a sua casa, se não tiver problema.

– Nenhum problema. Te passo meu endereço.

– Chego por volta de 20h30 na sua casa.

– Combinado. Até mais tarde.

– Até.

Vitória desligou o telefone totalmente empolgada. As coisas pareciam enfim estar começando a dar certo. No meio de seus pensamentos positivos sobre a vida chegou uma mensagem de Thomas em seu celular.

“Infelizmente, vou precisar desmarcar nosso almoço. Surgiu um compromisso inesperado. Te ligo mais tarde. Beijos.”

“Que pena respondeu Vitória. Até mais tarde então. Beijos”

Ela tinha acabado de enviar a resposta para ele, quando viu ele passando em direção à saída. Ela acompanhou ele com os olhos. Ele não olhou para ela. E quando os olhos dela já pareciam não mais alcançar ele, ela o viu cumprimentando uma mulher que o esperava na recepção e os viu saindo juntos em direção ao elevador.

“Hum, quem será que é essa mulher?” Pensava Vitória decepcionada com o que tinha visto.

A tarde passou logo e Vitória se sentia empolgada, apesar de tudo, com a conversa que teria com a astróloga à noite. Thomas não voltou para o escritório e Vitória não voltaria mais ao escritório naquela semana pois teria 3 dias de shooting pela frente.

Já em casa Vitória esperava ansiosa por um sinal de Thomas, que disse que ligaria mais tarde, quando Vicky chegou.

“Ainda bem. Vou parar de esperar uma ligação que parece não vir hoje.” Pensava Vitória aliviada no momento que autorizava a entrada de Vicky.

– Olá bem vinda à minha casa. Disse Vitória enquanto abria a porta para Vicky.

– Obrigada querida. Respondeu a astróloga.

– Pensei em conversarmos aqui no escritório.

– Está excelente Vitória.

– Então perfeito. Posso te oferecer algo para beber?

– Não obrigada. Estou bem.

– Então podemos começar.

– Sim. Já coloquei seus dados no computador e tenho seu mapa pronto para conversarmos.

– Nossa já?

– Sim. Seu signo é Áries, com ascendente em Capricórnio. Nesse momento da sua vida o lado pé no chão de capricórnio, que é um signo de elemento terra, começa a equilibrar um pouco da impulsividade desenfreada de áries (que é um signo de elemento fogo). O que significa que você deverá começar a equilibrar mais a vontade de fazer e o fazer bem feito, mesmo que isso leve tempo. Você estará mais paciente e irá ponderar mais sobre as coisas. A lua está entrando em aquário no seu signo, o que te fará estar mais introspectiva e criativa nos próximos meses. Algumas mudanças devem acontecer e você passará um período refletindo sobre o seu caminho ou próximo passo. Você vai estar mais aberta a fazer o que o seu coração sempre quis. Mas isso vai exigir que passe por essa fase de introspecção e reflexão.

– Entendo. E sobre o amor?

– Estamos chegando lá. Nesse momento os planetas na casa do amor indicam uma certa turbulência. Muitos sentimentos e pouca clareza sobre o que é real. Essa fase é importante para entender o que realmente importa e te faz feliz. Respeite a fase de dúvidas e não tome grandes decisões em fases turbulentas. O segundo semestre parece ter mais aspectos de definições em sua vida amorosa. Alguém do seu passado pode aparecer com sugestão de casamento. Nas existe uma grande possibilidade de seu caminho acabar cruzando alguém que tem relações profissionais com você. Aqui falo de uma união sólida. Não necessariamente vestido de noiva, bem casados ou assinatura de papeis. O grande recado é que a atual conjuntura dos astros não favorece o amor. O que favorece é a reflexão. Você precisa refletir também sobre o que deseja no amor. Esse é o momento das ideias, das reflexões e ponderações. Grandes definições estão por vir. Você está encerrando ciclos na sua vida. E tudo estará mais alinhado após essa fase de introspecção.

– E quanto à minha carreira também está em fase de reflexão?

– Sobre sua carreira o que posso dizer é que parece vir uma grande mudança por aí. A curva de crescimento é vertiginosa. Mas depois desse vale. Você realmente passará por uma fase muito bem sucedida. Mas também terá um momento de reflexão antecedendo essa fase. Você passará por mudanças. Encerrará ciclos em breve e precisará escolher bem seus próximos passos para encontrar o que te faz feliz. O que posso te dizer é que você encerrará ciclos em breve e que o novo dependerá do quanto você se dedicará a fase de reflexão sobre seu caminho e sua felicidade que está clara aqui em seu mapa.

– Então estão vindo muitas mudanças por aí?

– Provavelmente sim. Encerramento de ciclos e inicio de novos ciclos sempre indicam mudanças. E sempre pedem momentos de introspecção. Porém seu novo ciclo traz crescimento material e realização no amor.

Elas ficaram por uma hora falando sobre os astros e o alinhamento dos planetas e enquanto a astróloga falava, Vitória sentia que tudo aquilo parecia real. Justificava sua fase de angustia e dúvidas na carreira, no amor e na vida. Por outro lado preenchia seu coração com esperança de que tudo daria certo. Sua consulta aos astros tinha funcionado afinal. Mas ainda restava uma dúvida muito importante. A astróloga havia mencionado um possível casamento com alguém que conheceu no passado ou alguém do seu universo profissional. Então ela resolveu perguntar.

– Uma última dúvida. Tenho 2 grandes amigos que conheci na adolescência. Erámos muito amigos. Comecei a sentir coisas diferentes por um deles, depois de anos de convivência e o outro reapareceu na minha vida dizendo que sempre me amou, insistindo para sair comigo e agora resolvi dar uma chance para ele. De qual deles os astros estão falando?

– Ah minha querida. Os astros não tem essa resposta. Na hora certa, seu coração é quem vai saber responder.

CONTINUA…

O CAPÍTULO 10 SERÁ PUBLICADO NA PRÓXIMA SEXTA-FEIRA

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *