Já te vi vestida para casar e para sua primeira entrevista de emprego.

Já te vi fantasiada, de vestido de festa alugado e roupa especial para entrar no centro cirúrgico.

Já te vi toda preto para um funeral e já te vi de biquini aproveitando ao máximo cada segundo de um dia de sol.

Já te vi com orelhas da minie.

Já te vi de barrigão (2x) e te vi magrela implorando para engrossar as pernas.

Já te vi de beca, de chinelo, de sapato de salto.

Já te vi chorando e rindo até perder o folego.

Já te vi caindo e já te vi levantando. Já te vi rezando. Já te vi implorando.

Já te vi pagando promessas.

Te vi na reforma do seu primeiro apartamento e vestida para fazer faxina. Já te vi com roupas de marca e de liquidação. Já te vi de pijama.

Já te vi pelada e já vi sua alma. já vi sua aura nas mais diferentes cores.

Já te vi correndo e já te vi sendo alcançada. Já te vi sonhando e já te vi realizando sonhos.

Já te vi fazendo acontecer e parada esperando que as coisas aconteçam.

Já te vi na quadra de esportes, na prancha de surf, no sky e na bicicleta.

Já te vi falando espanhol, em iglês e já te vi em português separando sílabas.

Já te vi com meus três filhos no seu colo.

Eu te vi porque você permitiu e na mesma proporção permiti que me visse, assim por inteiro, você também.

Não há melhor amiga do que uma irmã e não há irmã melhor que a minha.

Para a minha irmã que amo muito, Carina Silva. ❤️

Nunca vi alguém tão de perto

Sabrina Almeida


Sou mãe, filha, esposa, mulher, amiga, confidente, conselheira. Sonhadora, determinada e realizadora. Organizada, mas com um que de caótica. Apaixonada pela vida e pelas pessoas. Intensa! Publicitaria, trabalho desenvolvendo produtos e marcas para deixar as pessoas mais bonitas e felizes. Escrevo porque amo escrever. Minha cabeça está sempre repleta de sonhos e devaneios. Sigo sempre meu coração. Hoje penso mais antes de tomar uma decisão. Encontrei a FELICIDADE, assim todinha maiuscula, nas coisas simples da vida. E escrever é uma delas. Enquanto as pessoas vão para a academia, fazem trilhas, tocam instrumentos musicais, cozinham… Eu escrevo! Esse é o meu hobbie… Escrevo para traduzir o que está no meu coração, sem regras, métodos ou filtros. Escrevo porque me inspira e me faz feliz. Acredito que é simples ser feliz e que para isso é preciso uma boa dose de coragem, de sorte e de sonhos e devaneios. Quando eu decidi escrever, uma pessoa me perguntou: “quem te garante que as pessoas vão se interessar pelo que você escreve?” E a minha resposta é como vou concluir minha apresentação. Vou escrever para tentar ajudar as pessoas a ver diferentes perspectivas, rir no meio de um dia difícil ou enxergar poesia no dia a dia. E se eu conseguir tocar o coração de pelo menos uma única pessoa, já terá valido à pena.


Post navigation


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *